Personalidades
Líris Kunzler
A afirmação de que as coisas simples também são exemplos de genialidade é verdadeira quando visitamos a casa da família Kunzler, na Santa Isabel. Artista desta edição, Líris Kunzler é casada com Gilberto Jaco Kunzler e tem dois filhos: Gilis, de 25 anos e Liur, 21 anos. Esta estrelense de 57 anos, 51 dos quais vividos na Santa Isabel (seu pai era construtor e veio para Viamão para ajudar na construção da região), tem uma intimidade muito grande com as artes plásticas e um talento revelado muito cedo ainda: “comecei com pintura mais tarde, mas desde criança, quando encontrava um graveto, um pedaço de papel, qualquer que fosse, saía rabiscando”.
Autodidata, Líris enveredou pelos caminhos das telas, pintando com óleo e espátula, sempre preocupada em aprender cada vez mais. Na década de 1990, freqüentou por mais de um ano o atelier de Simone Gabardo, onde aprimorou o uso das sombras e do jogo de luzes em seus quadros.
Socióloga aposentada pela LBA, onde atuava com assistência social, Líris confessa que também buscava, na pintura, uma ocupação criativa que diminuísse o estresse do dia a dia, fazendo algo que realmente gostava. Hoje conta em seu currículo quase 1000 obras. Seu talento sobressai em obras pintadas em série, como as mulheres trabalhando, ou nas paisagens cheias de vida, numa percepção sutil das cores e dos elementos. Um estilo? Líris desconversa, afirmando ser seguidora de um estilo livre, mas nas entrelinhas deixa escapar: adora Monet e o Impressionismo, as cores de alguns Modernistas, mas acima de tudo gosta da simplicidade da vida, essa sim, sua grande inspiradora. Líris intercala períodos de produção com temporadas de viagens, outra grande paixão.